Doenças psicossomáticas e emoções não digeridas

1601521_888638817822206_6077798849779524314_n
Como é que funciona perante o stresse diário ou quando uma situação requer uma resposta emocional mais intensa? Como lida com sentimentos como a tristeza e a raiva? Perdoa com facilidade ou tem a tendência de guardar mágoa e rancor?

Doenças psicossomáticas são doenças físicas provocadas por um estado emocional alterado e prolongado. O corpo faz esforços constantes no sentido de conservar-se em equilíbrio e quando não nos expressamos através da linguagem verbal, o corpo encarrega-se de apresentar o seu próprio discurso: o dos sintomas e das doenças.

O ser humano funciona como um todo, não sendo possível a separação entre mente e corpo. Sendo assim, processos físicos não estão dissociados de processos mentais, o que quer dizer que a qualidade de nossos pensamentos e sentimentos irão repercutir na qualidade de nossas emoções e, assim, o físico pode adoecer devido a emoções mal processadas.

A grande maioria das perturbações psicossomáticas que desenvolvemos estão associadas a sentimentos negativos como ressentimento, raiva, ódio, inveja, tristeza, mágoa, culpa, frustração, medo e falta de perdão. Normalmente o perfil psicológico de pessoas com somatizações intensas são aquelas que costumam ser mais angustiadas, rancorosas, reprimidas, tensas, ansiosas, inflexíveis e controladoras.

O recalcamento dessas emoções pode enganar a mente, mas não o corpo, que reage a esses processos inconsciente expressando-se por uma linguagem fisiológica, a da doença ou dos sintomas por vezes inexplicáveis. Por isso a psicoterapia, e principalmente a regressão de memória, tem sido uma excelente auxiliar no tratamento e prevenção das doenças, pois tem a finalidade de tornar consciente aquilo que está por resolver, possibilitando ao paciente a resolução dos seus conflitos internos.

Desta forma, as emoções negativas devem ser trabalhadas, visto que nos envenenam lentamente, minando o sistema imunitário e fragilizando o nosso organismo. Em consequência, criamos abertura para o desenvolvimento de algumas doenças, tais como ulcera gástrica, dores músculo-esqueléticas como a fibromialgia; doenças cardíacas, respiratórias, auto-imunes e até mesmo cancro.

Vale a pena refletir na qualidade das emoções que estamos a gerar e alimentar diariamente. O melhor que podemos fazer por nós é trabalhar a tristeza e a raiva, ressignificar acontecimentos difíceis ou traumáticos, posicionando-nos como agentes ativos no processo de superação de situações dolorosas. Devemos trabalhar cada mágoa e ressentimento, libertando-nos das amarras que nos prendem ao sofrimento.

Aqui segue uma lista das doenças que normalmente estão associadas a causas psicossomáticas (podendo ser causadas, mantidas ou exacerbadas por processos psicossomáticos):

– Distúrbios Cardiovasculares: doença coronária, enfarte do miocárdio e hipertensão.

– Distúrbios Respiratórios: hiperventilação (sensação de falta de ar, tonturas e taquicardia) e asma.

– Distúrbios Imunológicos: doenças auto-imunes, perturbações alérgicas, cancro.

– Distúrbios Gastrointestinais (um dos locais mais comuns de sintomas psicossomáticos): síndrome do cólon irritável, úlcera no estômago ou duodeno, doença de Crohn, colite ulcerativa.

– Distúrbios Cutâneos: prurido (coceira), psoríase e outras dermatites como eczema, hiperidrose (sudorese excessiva), urticária.

– Artrite Reumatóide: inflamações articulares e estruturas associadas.

– Distúrbios Endócrinos: alterações na glicémia (Diabetes), perturbações na tiróide (hipertiroidismo ou hipotiroidismo).

– Dores Crónicas: por inflamação e tensão constante.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s