O Som do Silêncio

35544843_10156639053512474_2749806786394456064_n
Quando te perguntas o que virá, tentas adivinhar o futuro, como será, o que terá nele, quem, que situações; quando tentas planear, saber, perceber, prever… Foges do presente, do agora, da paz e da plenitude emocional que esse momento te pode proporcionar. Estar aqui-agora é uma façanha. Cada segundo é em si passado, presente e futuro. Quando te projectas para depois, horas, meses, dias ou anos, sais da imensidão de ti. Circulas no plano mental e emocional. Devem fazer-se planos concretos, traçar objectivos, desejos e sonhos. Mas falo da fantasia. Essa onde mergulhamos inúmeras vezes, e está certo. Agora quando vives apressada/o, procurando incessantemente respostas, os porquês, os comos, os quem, quando… Escuta. Para. Ouve para lá do ruído mental. Ouve a Eternidade que te habita. Sê o Oservador que há em ti. Aquela voz perene, solene, que te diz: já aqui está tudo o que precisas. Já És tudo o que precisas. Já tens tudo o que te faz falta… Para além disso, podes sempre mergulhar na profundidade desse Silêncio e Seres esse silêncio, transformares-te nesse silêncio, nesse vazio. Seres o Vazio. Aí és Tudo. Aí tornas-te intemporal. Imortal. Um com a existência. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s