Apoio e protecção

- Devo apoiar ou dar protecção à criança? O que é melhor? São coisas diferentes ou é a mesma coisa? - Deves apoiar... Protecção dá a entender que precisas proteger a criança a todo o custo de sofrer, de errar, e colocá-la, novamente, numa redoma, para que não se magoe... - Mas ela precisa disso! … Continue a ler Apoio e protecção

As mães (ou pessoas) narcísicas

As mães narcísicas, mas também os pais, os filhos, irmãos, a tia, a avó ou o sogro ou a sogra, são personagens difíceis. Perfis inflexíveis, irredutíveis, altivos, com incapacidade de assumir o erro, ou pedir desculpas. São as eternas vítimas, que ninguém compreende ou dá o valor suficiente, pessoas orgulhosas, por vezes manipuladoras (com ou … Continue a ler As mães (ou pessoas) narcísicas

Aquilo que tomamos como certo

Aquilo que tomamos como certo não nos deixa evoluir. Há que questionar, ter espírito crítico. Se nos submetemos a tradições ou hábitos culturais, podemos estar a repetir as mesmas coisas, e da mesma forma, desde os tempos medievais. E é o que acontece em relação a muitas práticas modernas, com origens nesses milénios atrás. Falo … Continue a ler Aquilo que tomamos como certo

O mês de dezembro

O mês de dezembro é um mês especial. Encerra em si vários potenciais ou ideais: a família e o futuro. Na virada do ano, há quem faça anos, somando ao, por vezes, forçado ajuntamento de Natal, e ao contemplar o que se fez ao longo do ano, revendo conquistas (ou não) e projectando-se no novo … Continue a ler O mês de dezembro

Ser mãe e pai das emoções

Sim eu sei, elas são chatinhas, corrosivas, impertinentes, birrentas, perturbam a nossa paz, aparecem sem serem convidadas, permanecem mais tempo do que é necessário e, quando estamos descansados, voltam uma e outra vez, até ao infinito. Engane-se quem julgue que um dia isso acaba ou acalma, não é verdade. Por mais trabalho de autodesenvolvimento que … Continue a ler Ser mãe e pai das emoções