O orgulho e a rendição

O que é que o orgulho impede? Impede o perdão Impede a aceitação Impede o amor Impede a doçura Impede a vulnerabilidade O orgulho é como uma capa vil e dura que colocamos perante as emoções e sentimentos. Impede-nos de sermos, sentirmos e permitirmos a vida a fluir em nós. Por detrás do orgulho está … Continue a ler O orgulho e a rendição

A linguagem universal

Quando falamos da mente, falamos de um lugar de raciocínio, crítica, julgamento, orgulho, vingança, resolução de problemas e enumeração de dissabores. Quando somos mentais, somos frios, distantes, somos pre-conceito, somos passado, explanação e explicação de porquês. Somos também "adivinhação", somos pré-determinação, traçamos cenários possíveis e imaginários para o futuro, sem razão de ser. Ou melhor, … Continue a ler A linguagem universal

O receber, a abundância e o merecimento

Nutrição, receber, ser nutrido, merecer nutrição. Tudo relacionado com a mãe: a mãe que dá a vida, a mãe que dá alimento, a mãe que providencia a vida, a sobrevivência e a segurança; a mãe que nutre. Nutrição é tudo isso. Nutrição é a função da mãe: dar, alimentar, acolher, acarinhar, trazer conforto e segurança, … Continue a ler O receber, a abundância e o merecimento

Porque nos mantemos nas relações

Há vários motivos que fazem as pessoas manterem-se em determinadas relações de falta ou excesso. Falta de carinho, compreensão, aceitação, comunicação, cumplicidade ou intimidade. Excesso de controlo, violência, ciúme, medo ou insegurança. Falemos do medo: o medo origina quase tudo isso. A inconsciência e imaturidade sócioemocional também. Ora o medo pode ser de quê? Medo … Continue a ler Porque nos mantemos nas relações

Aos pais que nos deram a vida

Devemos agradecer. Pelo simples facto de nos terem dado a oportunidade de existir, estar nesta terra, ter-nos sido dada vida, de viver e respirar. Ao pai porque pôs a semente, à mãe que foi o canteiro. A bênção de estar cá, de poder ser gente, de poder sentir, de ser carne e osso, corpo vivente. … Continue a ler Aos pais que nos deram a vida