Tu és a pessoa que sempre procuraste

fashion-2309519_960_720

Se ainda não vos disse isto, digo-vos agora, de coração aberto:

A ti querida mulher, que sofres, que buscas, que te sentes só, perdida, mal amada ou correspondida. Se procuras um companheiro, um amante, um namorado ou marido que te compreenda, aceite, que te ame, que te cuide, que te apoie, que seja um suporte, que seja estabilidade, que seja consciente, evoluído, companheiro e amigo. Tu que te feres, te magoas e enganas com homens que não são bons para ti, que não te fazem feliz, completa. Tu tens de aprender isto: tu és suficiente, tu tens valor, tu podes fazê-lo, tu bastas, tu importas.

Anos de educação e socialização baseadas no critério de procura de companheiro, de evitamento da solidão, de concretização de objectivos matriarcais ou patriarcais de casamento e vida a dois, de falta de uma parte tua, de não seres completa sem um homem, ouve: tu és completa, tu não precisas nada mais do que tu, da tua convicção, da tua segurança, do teu apoio, do teu carinho, das tuas palavras meigas para ti própria. Tu podes ter melhor. Algo melhor existe, está aí, à espera que chegues lá.

Tu, mulher, tens em ti tudo o que precisas para seres feliz, independente, completa. Podes fazer tudo o que quiseres sozinha, sem companhia. Podes preferir tê-la, e está tudo certo, mas não te sintas menos do que suficiente quando não a tens, quando desejas e não consegues ter o que almejas. É possível tudo isso, mas tens de ser aquilo que procuras. Tens de ter em ti o que procuras, o que proclamas como necessário. Não podes ferir os homens com pedras, com palavras, com esquemas, com enganos, com seduções. Não podes ficar só porque sim, porque é seguro.

Podes crescer, podes evoluir, podes trabalhar em ti. Lê, escreve, fala com outras mulheres, faz terapias variadas, cursos, workshops. Descobre os teus talentos, os teus dons, a tua missão, aquilo que gostas. Explora-te, os teus gostos, interesses, sonhos, corpo e sexualidade. Vive tudo isso inteira, contigo. Faz o que gostas, corre atrás disso, descobre o que é, explora. Explora os teus potenciais, as tuas dores, os teus desafios. Cruza a zona de conforto, cruza os teus mares, as tuas emoções.

Sê quem tu és, por favor. Fazes um deserviço à humanidade quando negas ao mundo o que és, porque é o que vieste para ser. Com tudo, dá tudo o que puderes, recebe tudo o que for para ti, rejeita o que não te faz bem, o que não te acrescenta, o que te limita. Não precisas limitar-te, não precisas calar-te. Expressa a tua verdade SEMPRE. Sê quem és SEMPRE. Sendo inteira, atrais pessoas inteiras, aliás: só te podes interessar por pessoas inteiras sendo inteira. Entendes? Isto é fundamental.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s