O carrossel da bipolaridade e da ciclotímia

person-1281768_960_720

Há pessoas que vivem dentro de uma banda sonora. Por um lado há danças frenéticas, alegres, entusiasmantes e energéticas. Logo depois, uma mistura de canções nostálgicas, melancólicas ou sofridas, de mágoa, tristeza e perda. E estas pessoas alternam entre estes dois estados, não conseguindo ficar o tempo suficiente entre eles, parando ou pausando por completo o carrossel de emoções para conseguir sair dele.

É uma luta constante, para quem sofre de uma destas perturbações do humor, descendentes da depressão e da mania (estados opostos) e englobando essas duas facetas. É como quem é submergido na água o tempo suficiente para quase se afogar, para logo ser levantado novamente para ganhar fôlego e ficar com a sensação que vai ficar tudo bem, para logo ser submergido novamente, sem perceber qual o gatilho entre estes dois estados distintos.

A bipolaridade já todos ouviram falar certamente. E a bipolaridade não é um dia estar bem e outro estar mal. Não. A bipolaridade é uma doença mental quem tem ciclos marcados de depressão e de mania, que duram de alguns dias, a algumas semanas ou meses cada ciclo.

Depressão é um estado de tristeza profunda, apatia, falta de interesse, falta de energia e quase não conseguir agir de forma funcional no dia a dia. Mania é um estado de  humor aumentado ou expansivo em que a pessoa sente que é capaz de tudo e pode, inclusive, entrar em gastos excessivos, em mudanças repentinas de vida, como querer despedir-se, abrir uma firma ou viajar pelo mundo, sem medir claramente as consequências disso.

Ciclotimia é uma perturbação mais ligeira do que a bipolaridade, assemelhando-se de alguma forma à bipolaridade mas com episódios menos marcados ou menos intensos, alternando com fases de relativo equilíbrio. Ciclotimia causa estados de humor melhorado também, boa disposição, energia, confiança e produtividade. Alterna, contudo, com períodos de ligeira depressão, que pode nem ser percebida pela pessoa como tal.

Estando numa fase hipomaníaca, que é a tal fase do humor de quase euforia, a pessoa pode ficar algo impulsiva, agitada, falando mais e mais depressa, saltando de assunto para assunto, tendo mais dificuldade em manter a atenção, querendo fazer muitas coisas ao mesmo tempo e não se cansando de socializar.

Na fase depressiva, pelo contrário, pode aperceber-se de mais pensamentos automáticos negativos, ficar com menos energia, maior necessidade de recolhimento e deixando de ter vontade de participar em programas sociais, cansando-se mais facilmente. Nesta fase o ciclotímico pode querer isolar-se, desligando-se de tudo e de todos. Podem surgir aqui sentimentos de culpa, vergonha e desvalorização por comportamentos tidos na fase hipotímica.

O que causa esta perturbação, tanto como muitas outras, são factores genéticos, biológicos, hereditários e hormonais, onde acontecimentos de vida stressantes podem ser precipitantes de uma alteração neuroquímica e de um temperamento mais propício a estas alterações e oscilações de humor que caracterizam estas perturbações.

Há muita informação sobre isto na internet, onde pode pesquisar mais sobre o assunto, nomeadamente sintomas específicos de cada fase e a diferença entre estas duas perturbações. O que é certo é que há tratamentos farmacológicos e terapia específica para se conseguir ajudar o bipolar ou ciclotímico. Estas são perturbações crónicas do humor, caracterizadas por oscilações de humor.

Para pessoas com estas perturbações, fica o conselho: não deixe de fazer terapia, mesmo quando se sente bem. Vá trabalhando em si, trabalhando as suas emoções, medos, vulnerabilidades, traumas e feridas, gerindo as suas fases com equilíbrio, aprendendo o que fazer em cada fase, ou como se proteger ou prevenir recaídas ou estados muito acentuados de mania ou depressão. Há sempre solução. Quanto mais sabe sobre o assunto, melhor se pode cuidar e lidar com a perturbação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s