Porque atraímos más energias ou emoções alheias

woman-1958723_960_720

Recentemente aconteceu-me uma situação que me fez perceber claramente o porquê de absorvemos emoções que não são nossas e gostaria de vos falar sobre isso porque é importante percebermos isto, senão vamos levar a vida intoxicados com as nossas emoções e com emoções que não são nossas mas tomamo-las como tal.

Como somos seres empáticos, sentimos a dor dos outros. Identificamo-nos, temos pena, compaixão ou simpatia. Não só, por lealdade, tomamos as dores dos outros como nossas. Muitas vezes fazemos isso com as nossas mães, pais, irmãos ou amigos. Tornamo-nos vulneráveis, absorvemos através da identificação e guardamos para nós. Deixamo-nos envolver no drama da pessoa, no campo emocional e mental dela, e tomamos partido.

Muitas vezes, por identificação da dor de alguém, processamo-la em nós. Vivenciamo-la. Não só, por já termos passado por situações semelhantes, por já termos tido emoções e sentimentos parecidos, activamos novamente essas formas emocionais e elas voltam a acontecer em nós, a emergir do fundo do nosso sentir. Ficamos com raiva, angustiados, tristes, ansiosos, e não sabemos porquê.

Quando não está a acontecer nada nas nossas vidas que justifiquem aquela tristeza, mágoa ou angústia, devemos questionarmo-nos: com quem estive que estava menos bem? Que espaços frequentei onde havia dor? Com que pessoas falei ou convivi que estavam em baixo? Identifiquei-me com elas, com a dor delas de alguma forma?

Primeiro temos de analisar-nos, sentirmo-nos conscientemente, estarmos presentes em nós. Quando sentirmos algo menos bom, tentar perceber de onde vem. Antes de tudo, perceber o que estamos a sentir. Só depois perceber a causa. Este é o segredo de estar presente, não deixar as coisas a marinar em nós de forma a mantermos uma energia que não precisa ser a nossa. Se está em nós, passa a ser nosso. Mas não tem de ser.

Aí entra a autoridade e soberania que temos de ser em cada momento para nós mesmos, e decretar:

Tudo o que está em mim e que não é meu, peço para que saia, para que se dissipe e volte ao éter onde possa ser transmutado. Se por algum momento me identifiquei com alguma energia, forma pensamento ou emoção que não é minha, peço para que a deixe de sentir imediatamente. Eu sou dono e senhor do meu corpo, do meu campo energético, da minha mente e do meu mundo emocional. Não mantenho nada que não seja meu, seja por identificação, simpatia, pena ou lealdade. Não sou responsável pela dor de ninguém a não ser pela minha. Não sou responsável pelo sofrimento de ninguém, a não ser pelo meu. Não guardo em mim nada que não precise ficar mais do que o tempo necessário. Comando a minha vida, o meu destino e o meu corpo. Se prejudiquei alguém no processo, peço perdão. Tomo plena responsabilidade e consciência dos processos mentais e emocionais que são meus. Não me envolvo em processos que não são nem têm de ser meus. Liberto-me de toda a responsabilidade de todos os processos que não são meus. Somos todos seres individuais com a sua própria carga. Não assumo cargas que não são nem têm de ser minhas. Deixo ir toda e qualquer afectação que permiti acontecer, por simpatia, inconsciência, compaixão ou lealdade. Fico bem. Não permito interferências de outros no meu campo energético. Não autorizo densidade à minha volta nem ser afectado por ela. Não autorizo ataques à minha integridade física, mental e emocional. Não permito ser afectado por eles. Eu sou presença, eu sou consciência, eu sou luz e alinhamento.

E com isto, imaginar uma esfera de luz branca ou dourada à sua volta, como forma de protecção. Poderá sentir uma paz profunda e o corpo a vibrar depois de fazer este exercício.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s