Porque é que “deixar ir” não funciona?

mentira-1400x800-0517-3

No outro dia estava a pensar neste tema cá com os meus botões, embrenhada nos meus próprios processos emocionais, e surgiu-me uma frase: “To let go you must go through” (trought the pain, the skeletons and the fear). Que quer dizer: “para deixar ir, tens de ir através. Através do medo, dos fantasmas e dos medos”. No fundo, atravessar, o que em nós está guardado e que nos faz sofrer.

Não é com um passo de mágica que enumeramos as coisas em nós que queremos ver extintas e “puff” , elas desaparecem. Por isso é que o deixar ir não funciona. Fazemos afirmações diárias, instalamos o pensamento positivo, recitamos mantras, e todas essas coisas continuam lá, confortavelmente instaladas em nós, olhando para todo esse nosso esforço, a mostrar exactamente que esse não é o caminho.

Como tal, sem passar pelo processo, sem ir fundo nas nossas entranhas onde está o medo e a dor, nada vai embora. Então surgiram-me os seguintes decretos, ou afirmações, para ir mais fundo ainda, reconhecendo, aceitando e transformando:

Eu identifico e transmuto
Tudo em mim que é dúvida e medo eu transmuto
Tudo em mim que é crítica e julgamento eu transmuto
Tudo em mim que é rigidez e falta de flexibilidade eu identifico e transmuto

Tudo o que é culpa, tudo o que é magoa e dor, eu identifico e transmuto
Eu sou confiança
Eu sou aceitação
Eu estou em segurança
Eu crio segurança e discernimento
Eu permito-me passar pelos processos emocionais que me libertam da dor
Não permito dor no meu corpo físico, músculos ou ossos
Transformo a dor em aceitação
As minhas células são amor puro
São energia e frequência elevada
Autorizo a consciência a morar em mim e mostrar o que em mim precisa de cuidado, de atenção, de transformação
Eu sou conhecimento de mim, do meu corpo e das minhas emoções

Eu faço o que precisa ser feito para que tudo o que não é energia elevada possa ser transformado

Crio clareza e consciência de todos os meus processos emocionais e mentais que me têm limitado

Trago-os à luz e transmuto, transformo

Crio abundância e prosperidade na minha vida, ao colocar essa energia em movimento

A cada dia estou mais próxima de mim e dos meus processos internos

Cada dia os reconheço mais e melhor

A cada dia exerço uma força amorosa sobre mim e sobre esses processos

Aceito-vos, vejo-vos e reconheço-vos

E transformo-vos naquilo que melhor vos posso transformar a cada momento.

 

Acredito e defendo que, sem ajuda externa, não conseguimos, sozinhos, fazer este processo. Precisamos de um terapeuta que vá lá connosco e nos ajude a fazer este processo, este movimento. Recomendo psicologia, hipnoterapia e constelações familiares. Estas, para mim, são o top 3 das terapias. Ajuda o reiki, a leitura de aura e a terapia multidimensional, a mesa radiónica ou tarot terapêutico, sem dúvida, mas tudo isso são terapias complementares para o que verdadeiramente precisa ser feito: ser você a lá ir, a escavar fundo na sua mente inconsciente e corpo de dor e retirar a aprendizagem que lá está contida. Ninguém mais pode fazer esse processo por si.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s